Archive for the ‘simpósio’ Category

Congreso Red INAV 2012

08/05/2012

Congresso Red INAV

Congreso Red INAV aconteceu nas cidades de Mállaga e Sevilla, na Espanha, entre os dias 23 e 25 de Maio de 2012, com trabalhos relacionados à área da narratividade audiovisual. Participei apresentando um artigo extraído da minha dissertação de Mestrado, a respeito das estratégias procedurais de criação aplicadas à narratividade.

Leia o resto do post.

Anúncios

ABCiber – v simpósio (artigo)

22/09/2011

Participarei no simpósio da ABCiber deste ano com o artigo Consistência nas Estratégias Procedurais e a Expressividade do Digital.

Apesar da fértil produção criativa por parte dos artistas que atuam em mídias digitais,  o potencial expressivo próprio deste meio ainda se encontra relativamente inexplorado. Neste artigo examinaremos especificamente a questão da consistência nos jogos e narrativas procedurais, bem como o papel das estratégias procedurais de criação de uma maneira geral na consolidação do meio digital como uma forma expressiva independente.

O evento acontece em Florianópolis nos dias 16 a 18 de Novembro deste ano de 2011 – mais informações aqui (infelizmente não poderei comparecer pessoalmente para apresentar o artigo e conferir as demais atividades).

PS: em nota não relacionada, troquei a imagem de cabeçalho do blog por uma nova, com os thumbnails das imagens da minha dissertação.

Criatividade Computacional – II ICC-2011

28/07/2011

Computational Creativity is the study and simulation, by computational means, of behaviour, natural and artificial, which would, if observed in humans, be deemed creative.

Pesquisas e artigos bem interessantes sobre inteligência, percepção, linguagem, jogos, poesia, música e arte generativa em geral na última ICCC (conferência internacional de criatividade computacional – até rimou).

Muitas das pesquisas tratam da noção de tentar compreender e emular a maneira como a mente funciona (em oposição a implementar uma simulação “ideal” – ou “não-humana”). Isso envolve considerar aspectos como ambiguidade, pontos de vista etc. Eu tenho a tendência a preferir este tipo de abordagem, principalmente quando levada ao extremo – são soluções computacionalmente muito mais “caras” (isto é, exigem mais memória, maior poder de processamento etc.), mas (relativamente) mais fáceis de implementar e com resultados muito mais realistas (no sentido de similaridade ao comportamento de um ser humano).

Comentarei alguns dos artigos e pesquisas abaixo (não vou linkar todos, mas aqui tem uma lista com os pdfs).

(more…)

FILE 2011

23/07/2011

Dei uma olhada no catálogo do FILE 2011 e parece que está bem bacana (veja online no scribd).

Como já mencionei por aqui antes, o FILE cada vez mais tem que se reinventar – se antes era um lugar com novidades na área, hoje grande parte das obras e produções já podia ser vista na internet (o que é um bom sinal). Acho que porisso o festival está cada vez maior (além do SESI, tem obras no MASP, Conjunto Nacional, CCSP, nos metrôs – onde está o trabalho do amigo Fábio Fon – , entre outros).

(more…)