Archive for the ‘produção’ Category

Esboços Procedurais

15/05/2010

Esboços Procedurais

Estava lendo o livro oficial do Processing (Processing : a programming handbook for visual designers and artists. Casey Reas & Ben Fry. MIT Press, 2007) e acabei produzindo alguns experimentos simples porém interessantes.

Veja abaixo algumas imagens, ou clique aqui para ver a galeria no meu portfólio pessoal.

(more…)

Desluz na Galeria Expandida

10/04/2010

O projeto Desluz está na Galeria Luciana Brito, como parte da exposição Galeria Expandida, d2 5 a 20/4. A curadoria é de Christine Melo.

Para mais informações sobre o Desluz, confira os demais posts no blog sobre o projeto (clique aqui).

Leia o restante do post

rgb2xyz

01/04/2010

Na série rgb2xyz eu transporto algumas imagens do espaço 2D para o espaço 3D de acordo com os valores RGB de cada pixel. As imagens resultantes são únicas e permitem novos olhares – ou visualizações – da informação das imagens originais.

A idéia para esta série foi inspirada em um ótimo trabalho da amiga Juliana Henno, estudiosa das cores.

Clique aqui para ver a série e um relato sobre o processo criativo no meu portfólio pessoal.

Amoreiras no Emoção Art.ficial 5.0

19/03/2010

Amoreiras - Grupo Poéticas Digitais ECA/USP

Amoreiras é um projeto sobre autonomia, aprendizado artificial, natureza e meio ambiente. Os atores principais são cinco novas árvores na Avenida Paulista, centro cultural e econômico de São Paulo.

O projeto Amoreiras, que estamos desenvolvendo no Grupo Poéticas Digitais (ECA/USP), fará parte da exposição Emoção Art.ficial 5.0, cujo tema este ano é “autonomia”.

Direto do site do Itaú Cultural:

Quatro propostas foram escolhidas para participar da próxima bienal de arte e tecnologia do Itaú Cultural. Os quatro projetos eleitos, dos 95 inscritos na chamada de trabalhos, irão se juntar a outras obras internacionais para compor a exposição Emoção Art.ficial 5.0, que estreia em julho na sede do Itaú Cultural, em São Paulo. Arlindo Machado e Regina Silveira foram responsáveis pela seleção dos trabalhos, que serão produzidos pelo instituto.

Entre os demais selecionados estão Lali Krotoszynski (ballet digitallique), o SCIArts (MetaCampo) e Tania Fraga (Caracolomobile).

Conheça os trabalhos selecionados para o Emoção Art.ficial 5.0

Quatro propostas foram escolhidas para participar da próxima bienal de arte e tecnologia do Itaú Cultural

Os quatro projetos eleitos, dos 95 inscritos na chamada de trabalhos, irão se juntar a outras obras internacionais para compor a exposição Emoção Art.ficial 5.0, que estreia em julho na sede do Itaú Cultural, em São Paulo.

Arlindo Machado e Regina Silveira foram responsáveis pela seleção dos trabalhos, que serão produzidos pelo instituto. Conheça os selecionados:

Lali Krotoszynski
Obra: ballet digitallique

Grupo Poéticas Digitais
Obra: Projeto Amoreiras

SCIArts
Obra: MetaCampo

Tania Fraga
Obra: Caracolomobile

Computação Gráfica + PAE

23/11/2009

Post rápido para mostrar alguns experimentos que tenho feito no 3D MAX. Veja as imagens abaixo.

Fazia um bom tempo que eu não mexia com 3D, mas acabei voltando à ativa por conta das atividades que tenho realizado junto à disciplina de Computação Gráfica, ministrada na Graduação pela Profa. Monica Tavares no Departamento de Artes Plásticas da ECA-USP, e na qual estou estagiando pelo PAE (Programa de Aperfeiçoamento de Ensino).

O estágio PAE tem como objetivo iniciar pós-graduandos na prática de ensino. Por conta do contato que se tem com tantos alunos, e de perfis tão diversos, o programa também serve como uma ótima experiência de aprendizado.

Clique aqui para ver as imagens

Desluz *não está* no Museu Nacional de Brasília

10/11/2009

20091110_producao_museunacional

[Edit: por conta de alguns imprevistos o Desluz não está exposto no Museu Nacional!]

O projeto Desluz, do qual falei anteriormente neste post, está exposto no Museu Nacional de Brasília deste o final de Outubro.

Desta vez, além da medição do nível de atividade na rua, também estamos armazenando as imagens correspondentes a cada medida. Esperamos depois utilizar esse enorme volume de informação e imagens em alguma produção derivada, provavelmente voltada à visualização de dados.

Aliás, se você estiver passando pela Rua Augusta, entre o hotel Augusta Plaza e uma loja de materiais de construção, se você ficar pelo menos 1 minuto parado sua imagem será registrada (a webcam está voltada para o lado ímpar da calçada).

Como infelizmente ainda não temos muita informação ou imagens da exposição no Museu Nacional, por enquanto publico algumas das capturas realizadas pela webcam.

Clique aqui para ver as imagens

FILE 10 NURBS PROTO 4KT (!)

06/11/2009

FILE 2009 thumb

*Attention: English version after the jump, at the bottom*

A décima edição do FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) aconteceu no Sesi-SP de 28 de julho a 20 de setembro e contou com uma enorme quantidade de trabalhos em diversas categorias.

Fiquei satisfeito de ver a disciplina dos Estudos do Software (Software Studies), representada por Lev Manovich, na área da Analítica Cultural (no catálogo do evento há um texto dele sobre as NURBS), e pelo brasileiro Cícero Silva, (que tratou principalmente da tecnologia em torno do cinema 4KT).

Segue um trecho do texto de Cícero que está no catálogo do festival:

O espírito de um espectador, cuja atenção fora “domesticada” por um tipo de narratividade do cinema, reencontra agora um universo de aparatos tecnológicos de maravilhamento que o coloca diante de uma nova dimensão de simultaneidades e atenções flutuantes. (…) Um outro mundo de imagens nos espera. Ou, pelo contrário: somos outros e a esta imagem foi construída justamente para dar conta da nossa atual complexidade. A película não nos representa mais.

A primeira viagem do homem à lua faz agora quarenta anos, aconteceu em julho de 1969. Nada ainda se compara a esta façanha sonhada por escritores e pintores. A ficção científica foi uma fonte de inspiração para o cinema, com imagens desérticas, espaçonaves prateadas, seres híbridos. Mas um aspecto, um aspecto bem especial foi observado por Dave Scott, o sétimo homem a pisar na lua: “dentre todos os escritores de ficção científica, nenhum deles ousou sonhar que o mundo estaria vendo a chegada do homem à lua pela televisão”.

Clique no link abaixo para ler meus comentários sobre alguns dos trabalhos e sobre o festival.
.
Clique aqui para ler o restante do post.

Desluz

21/09/2009

20090921_producao_desluz

Desluz é o mais novo projeto do grupo Poéticas Digitais (ECA USP).

Um cubo de luz, cujo brilho só pode ser visualizado através do visor de um dispositivo de captura de imagens digital (como um celular ou uma máquina fotográfica digital), está em exposição no 8# ART em Brasília, cuja temática é “Sedução”. A frequência da oscilação da luz infravermelha produzida pela peça é determinada pela atividade detectada por uma  webcam que captura a movimentação na Rua Augusta, em São Paulo (região movimentada da cidade, com bares, baladas e prostíbulos).

A minha participação no projeto se deu principalmente nas discussões teoricas iniciais, e agora como zelador da webcam que captura a esbórnia da noite paulistana.

Mais informações, imagens, videos e outros registros sobre a obra em breve aqui e no site do grupo Poéticas Digitais.

Edit 1: um belo vídeo com imagens do projeto filmado/editado por Maurício, Lucila e Claudia está disponível agora no youtube, aqui.

Edit 2: o nome da exposição não era “Sedução” e sim “Instinto”. Leia mais sobre o 8#.ART neste post.

Nibballs – FILE Games 2009

15/05/2009

20090515_jogo_nibballs_file_thumb

Nibballs estará participando do FILE 2009 na categoria “Games”.

O FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) acontece no espaço cultural do Sesi Paulista em São Paulo, Brasil, no período de 27 de julho a 31 de agosto de 2009.

– Jogue Nibballs aqui (abre em nova janela/aba) ou lá na exposição!
– Clique aqui para ver algumas imagens do jogo.
– Visite o site do FILE (info sobre o trabalho aqui).

Obs: Nibballs II está em desenvolvimento. Escreva para mim com o subject “Nibballs II” que te aviso quando estiver on-line.

Read this post in english

Learn

01/03/2009

20090301_interativo_learn_thumb

Neste aplicativo interativo os agentes virtuais (as “bolinhas”) se movimentam de acordo com gestos ensinados pelo usuário. Os agentes seguem um algorítmo simples de vida artificial – eles são criados, aprendem, se movimentam de acordo com o que aprenderam, eventualmente produzem novos agentes virtuais e por fim “morrem”.

Veja a animação Learn, criada com base neste aplicativo.

 Leia mais...
Cada gesto realizado pelo usuário entra para o repertório das bolinhas presentes na tela no momento de sua execução. Cada bolinha se comporta de maneira independente, movimentando-se de acordo com um dos gestos que aprendeu no passado, escolhido ao acaso no seu repertório. Novas gerações de agentes virtuais são identificados por diferentes tons de azul – quanto mais claro for o tom, mais distante a instância está do agente original.

De forma a controlar a quantidade de agentes simultâneos, as bolinhas tem uma expectativa de vida relativamente limitada. Apenas o primeiro agente é sempre preservado, de forma a garantir o funcionamento contínuo da instalação. O repertório deste primeiro agente é constantemente esvaziado, a partir da primeira “memória”, também como uma forma de preservar o equilíbrio do sistema a médio e longo prazo.

Estes mecanismos, além de garantirem o bom funcionamento do aplicativo (evitando sobrecarregar o processador), também servem para deixar mais claro para os visitantes o que está acontecendo no sistema, bem como os efeitos e implicações dos gestos do usuário.

Read this post in english