Archive for the ‘congresso’ Category

Congreso Red INAV 2012

08/05/2012

Congresso Red INAV

Congreso Red INAV aconteceu nas cidades de Mállaga e Sevilla, na Espanha, entre os dias 23 e 25 de Maio de 2012, com trabalhos relacionados à área da narratividade audiovisual. Participei apresentando um artigo extraído da minha dissertação de Mestrado, a respeito das estratégias procedurais de criação aplicadas à narratividade.

Leia o resto do post.

XIII Congresso de Tecnologia – Fatec

07/10/2011

De 3 a 7 de outubro de 2011 aconteceu o XIII Congresso de Tecnologia na Faculdade de Tecnologia (Fatec) de São Paulo. Participei de uma mesa redonda sobre o tema “Arte e Tecnologia” juntamente com Maurício Taveira, a convite de Luis Bueno, professor na Fatec e mediador da discussão.

Leia mais…

Criatividade Computacional – II ICC-2011

28/07/2011

Computational Creativity is the study and simulation, by computational means, of behaviour, natural and artificial, which would, if observed in humans, be deemed creative.

Pesquisas e artigos bem interessantes sobre inteligência, percepção, linguagem, jogos, poesia, música e arte generativa em geral na última ICCC (conferência internacional de criatividade computacional – até rimou).

Muitas das pesquisas tratam da noção de tentar compreender e emular a maneira como a mente funciona (em oposição a implementar uma simulação “ideal” – ou “não-humana”). Isso envolve considerar aspectos como ambiguidade, pontos de vista etc. Eu tenho a tendência a preferir este tipo de abordagem, principalmente quando levada ao extremo – são soluções computacionalmente muito mais “caras” (isto é, exigem mais memória, maior poder de processamento etc.), mas (relativamente) mais fáceis de implementar e com resultados muito mais realistas (no sentido de similaridade ao comportamento de um ser humano).

Comentarei alguns dos artigos e pesquisas abaixo (não vou linkar todos, mas aqui tem uma lista com os pdfs).

(more…)

FILE 2011

23/07/2011

Dei uma olhada no catálogo do FILE 2011 e parece que está bem bacana (veja online no scribd).

Como já mencionei por aqui antes, o FILE cada vez mais tem que se reinventar – se antes era um lugar com novidades na área, hoje grande parte das obras e produções já podia ser vista na internet (o que é um bom sinal). Acho que porisso o festival está cada vez maior (além do SESI, tem obras no MASP, Conjunto Nacional, CCSP, nos metrôs – onde está o trabalho do amigo Fábio Fon – , entre outros).

(more…)

Arte Hacker e do Algoritmo (mesa)

23/07/2011

Assista o vídeo da mesa A Arte Hacker e do Algoritmo na qual participei com Daniel Hora e Guilherme Kujawski no Rumos Arte Cibernética no Itaú Cultural , dia 1/07 (mais info neste post aqui).

Clique na imagem acima ou no link abajo.

(more…)

Rumos Arte Cibernética (mostra e simpósio)

30/06/2011

Está acontecendo no Itaú Cultural (Av. Paulista) o Rumos Arte Cibernética, mostra e simpósio apresentando as obras e projetos dos artistas e pesquisadores premiados pelo Itaú Rumos nos anos de 2006/2009.

Participo da mesa desta 6a feira, dia 1 de Julho, às 19h, apresentando minha pesquisa sobre Poéticas Procedurais, ao lado de Daniel Hora, que pesquisa a Arte Hacker (UnB). No mesmo dia também terá uma mesa interessante sobre arte colaborativa, com minha amiga Tatiana Travisani, às 16h. No sábado também terá discussões interessantes sobre jogos, cinema digital e sistemas musicais interativos.

Pude conferir os trabalhos da mostra ontem na (ótima) abertura do evento, incluindo Campo Minado, projeto bacana de Claudio Bueno.

O simpósio vai até sábado, dia 2 (deve ter transmissão web também) e a mostra fica aberta até Setembro.

  • Itaú Cultural | Avenida Paulista 149 – Paraíso – São Paulo SP
    [próximo à Estação Brigadeiro do Metrô]

PS: os acima mencionados Tatiana e o Claudio são membros do grupo de pesquisa e arte Poéticas Digitais, do qual participo na USP.

#8.ART

21/10/2009

#8.ART

Escrevo para registrar a minha “participação à distância” com um artigo no #8.ART (8° Encontro Internacional de Arte e Tecnologia), que aconteceu em Brasília entre os dias 16 e 20 de Setembro.

Direto do site (www.fav.ufg.br/8art):

(…) o #8.ART propõe como objetivo desvelar a complexa relação política, social e identitária, visando evidenciar o pensamento artístico, por meio de noções emergentes que permitem compreender e aprofundar as teorias que nascem a partir de novos paradigmas estéticos vinculados à simbiose dos pensamentos sistêmico, artístico, científicos, tecnológico, estético e político.

O texto com o qual participei do encontro é o mesmo que apresentei na ANPAP (leia neste post), chamado O Processo Criativo em Meios Digitais: uma metodologia de análise, escrito em co-autoria com Gilbertto Prado (ECA USP/CNPq). Infelizmente eu não pude estar lá para apresentar o texto e prestigiar o evento.

Fazia parte da programação do congresso a exposição Instinto, na qual estava exposta a obra Desluz, do grupo Poéticas Digitais (ECA-USP). Leia mais sobre o Desluz neste post.

Reflexões pós-ANPAPianas

08/10/2009

ANPAP, Setembro de 2009. Apresentação de Daniel Ferreira.

Antes que o tempo passe e as memórias se percam, seguem algumas reflexões pós-ANPAPianas:

  • Apresentei na mesma mesa com Fábio Fon (da UFRN, com seu projeto “CTRL+ART+DEL”), Edgar Franco (da UFG, artista, músico e quadrinista) e Hermes Renato Hildebrand (da UNICAMP, que eu tive o prazer de finalmente conhecer pessoalmente).
  • Também se apresentaram no congresso os colegas Tatiana Travisani e Agnus Valente.
  • Me interessaram especialmente as falas de Vania Elisabeth (UFRGS, projeto ‘Latência e Ativação’, sobre o processo criativo – belos trabalhos/esculturas) e Melissa Rocha (projeto de intervenção urbana Kaza Vazia).

Enfim, o congresso foi muito produtivo e bem organizado (apesar da falta de internet), e Salvador estava deveras agradável. Agradeço a todos que contribuiram com valiosos comentários e referências ao meu projeto!

Clique aqui para ver algumas fotos.

18o Encontro da ANPAP

20/09/2009

20090920_congresso_anpap

Do dia 22 ao 26 deste mês acontecerá o 18o Encontro da ANPAP (Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas) em Salvador.

Direto do site (www.anpap.org.br):

Diante das temáticas dos últimos cinco encontros da ANPAP e considerando o hibridismo, interfaces e permeabilidades das linguagens artísticas na contemporaneidade a diretoria deliberou que o tema do 18º Encontro da Associação será: Transversalidades nas artes visuais.

Participarei apresentando o artigo O Processo Criativo em Meios Digitais: uma metodologia de análise, que escrevi em co-autoria com Gilbertto Prado (ECA USP/CNPq).

3a. Convenção Internacional de PureData

27/07/2009

20090727_maquina_pdcon_thumb

Neste mês aconteceu o pd~con09 (3a. Convenção Internacional de PureData), com atividades e apresentações em diversos pontos de São Paulo.

Direto do blog:

Puredata (ou Pd) é um software livre adotado em trabalhos Artísticos (Multimídias e interativos) (…). A Convenção internacional de Puredata é um evento periódico, e o mais importante da comunidade de desenvolvedores, usuários e entusiastas em geral do Pd.”

Como eu vinha brincando com o Pd nas últimas semanas, fiquei curioso para ver pelo menos algumas das apresentações. Fui no dia 24, uma chuvosa sexta-feira, e vi algumas performances no auditório do SESC Av. Paulista.

A apresentação que mais me interessou foi a Silent Construction de Jaime Oliver (Peru), tanto pela beleza visual como pelas texturas sonoras que o artista gerou com o instrumento – uma espécie de “tambor silencioso”, cujo som é gerado com base nos gestos realizados pelo artista sobre uma película e capturados por uma câmera. Clique aqui para assistir um vídeo da performance, inclusive com algumas cenas “dos bastidores” do funcionamento do algoritmo utilizado (infelizmente não é a mesma que eu vi – a iluminação estava bem mais bacana, tudo escuro e com apenas uma luz dentro do tambor).

Outra apresentação legal foi a [kleine machine], poesia digital da dupla/casal HP Process (França), misturando som, vídeo e captura de movimento em uma espécie de narrativa híbrida, tudo girando em torno da imagem capturada em tempo real de uma mulher em um vestido vermelho (que por sinal terminou a performance no chão do palco). Tem alguns vídeos e audios no myspace deles (vale avisar que páginas no myspace tendem a sobrecarregar o processamento do browser).

Enfim, pelo pouco que pude ver, a convenção parece ter sido bem legal. A única crítica que eu faço é sobre o som, que estava excessivamente alto. Tenho certeza que muita gente que estava na platéia naquela noite foi pra casa com os tímpanos danificados.

Read this post in English