Archive for novembro \22\UTC 2010

Harold Cohen – Aaron

22/11/2010

Harold Cohen - Aaron

Harold Cohen é um artista que abandonou a pintura para se dedicar à criação de um sistema computacional de geração de imagens, que batizou de Aaron. Sabemos que Cohen é o criador de Aaron, mas e quanto às criações de Aaron – são autoria de quem, e o que são?

Meu envolvimento é muito maior quando estou escrevendo programas de computador do que era quando eu estava pintando. (Cohen In Roth, 1978:109)

Leia o post completo

Laurie Anderson – I in U / Eu em Tu

08/11/2010

Post originalmente publicado no meu blog pessoal, aqui.

I am in my body the way most people drive in their cars.

Está excelente a exposição da artista Laurie Anderson no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil),  “I in U / Eu em Tu”, que vai até o dia 26 de Dezembro de 2010.

Tem de tudo, desde vídeos e projeções, até instalações, objetos, desenhos e registros de performances, além dos ótimos textos e versos que povoam as paredes dos 3 andares (+1 subsolo) que integram a exposição.

Mais info sobre a exposição no Catraca Livre.

Me identifico e me inspiro muito por esta artista, pelo uso humano que ela faz da tecnologia, pela simplicidade e precisão dos seus escritos e principalmente pelo experimentalismo que permeia todos os aspectos do seu trabalho.

Art Objects as Data Points – Jia Gu

07/11/2010

Reproduzo aqui alguns trechos e gráficos de um poster que trata do uso da Visualização de Dados (Data Visualization) para o estudo de obras de arte.

Entre as análises realizadas, está o estudo da distrubuição de proporções nas medidas de pinturas, bem como a posição e deslocamento geográfico de artistas. O pdf completo pode ser acessado aqui.

O poster é de autoria de Jia Gu, aluno de graduação da Calit2 (California), sob orientação de Jeremy Douglass e Lev Manovich (Software Studies). Neste trecho Gu contrapõe seu estudo à abordagem tradicional na história da arte:

The current approach to art history (or the study of art objects) is to select singular works of art as starting points for deeper investigations into the formal properties, cultural provenance and historical evolution of artistic movements. The limitations of such approaches are that close readings of singular objects neglect larger trends.

(more…)